DeMarcus Cousins deve permanecer no Pelicans. Foto: NBAE Getty Images
DeMarcus Cousins deve permanecer no Pelicans. Foto: NBAE Getty Images

A grave lesão no tendão de aquiles, sofrida cinco anos atrás, pode ter reduzido o valor de mercado de DeMarcus Cousins. O pivô de 27 anos deve renovar com o New Orleans Pelicans, que o contratou na trade deadline da última temporada em troca com o Sacramento Kings. O contrato tende a ser de dois anos.

As informações são do insider da ESPN norte-americana Adrian Wojnarowski. Segundo Woj, Cousins “estava no caminho para assinar um contrato máximo completo, de cinco anos, e tendo a melhor temporada de sua carreira, antes da lesão”.

Lesão de Cousins preocupa por seu tamanho

O tendão de aquiles é uma região delicada do corpo humano. Uma lesão grave, que exige cirurgia, é preocupante. Especialmente em uma pessoa de 2,11m e quase 130kg, caso de DeMarcus Cousins. A preocupação é que, pelo seu tamanho, a recuperação seja mais lenta e possa frear o restante de seu desenvolvimento, aos 27 anos.

Cousins teve 25.2 pontos, 12.9 rebotes, 5.4 assistências, 1.6 tocos e 1.6 roubadas de média nos 48 jogos que disputou na temporada. Era um dos jogadores mais eficientes e formava uma temida dupla de garrafão com Anthony Davis. Davis acabou aproveitando sua lesão e carregou o Pelicans à segunda fase dos playoffs, varrendo o Portland Trailbalzers.

Esta é a primeira vez que DeMarcus Cousins, quinta escolha do Draft de 2010, pode testar a NBA Free Agency. Seu contrato que está prestes a terminar é no valor de US$ 18 milhões. O New Orleans Pelicans busca reforçar o time para ajudar na persuasão de sua segunda maior estrela.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui