Caboclo em ação pelo Sacramento Kings em uma das doze partidas
Fora do Sacramento Kings, Caboclo aguarda propostas para definir seu futuro. Foto: NBA.com

Bruno Caboclo não vai permanecer no Sacramento Kings. Segundo Chris Haynes, repórter da ESPN, a franquia comunicou ao brasileiro que não vai fazer nenhuma oferta de renovação. Sendo assim, ambas as partes concordaram que essa é a melhor saída, e o jogador se tornou free agent.

Na última temporada, Bruno entrou em quadra apenas doze vezes e registrou médias de 2.2 pontos e 1.8 rebotes. O número baixo de partidas pode ser facilmente explicado: o ala chegou apenas em fevereiro, numa troca que envolveu Malachi Richardson.

Escolhido pelo Toronto Raptors no Draft de 2014, na surpreendente 20ª posição, Caboclo não conseguiu se firmar no Canadá. O ponto alto da sua passagem foi quando os Dirigentes o enviaram para a G-League (Raptors 905), onde viveu ótimo momento e conquistou o título da Liga de Desenvolvimento em 2017. Fora isso, raramente teve espaço. A ida para Sacramento era mais uma tentativa que, pelo visto, não vingou.

Daqui pra frente, o futuro do atleta é um verdadeiro ponto de interrogação. Ainda não existem informações sobre uma possível continuidade na NBA, ida para Europa ou, quem sabe, um retorno ao Brasil.

Relembre a trajetória de Caboclo até chegar na NBA

Caboclo brilhou no Pinheiros antes de ir para os EUA
Caboclo em ação pelo Pinheiros em confronto da LDB. Foto: Divulgação/LNB

Natural de Osasco, Bruno Caboclo surgiu para o basquete nacional no Pinheiros. Aposta da equipe paulista, brilhou na edição de 2013 da LDB com números expressivos: 14.8 pontos, 6.8 rebotes, 2.4 tocos e 16.7 de eficiência. Tratado como promessa, logo subiu para o adulto e participou do NBB 6. Nesta fase, já era observado por inúmeros scouters.

Sob o comando de Claudio Mortari foram apenas 17 jogos na edição da competição nacional. Pouco se viu, pois seu destino estava traçado para longe do país. E a confirmação disso veio com a loteria norte-americana.

Leia também: Curry e LeBron dominam vendas de produtos no Brasil e nos EUA

Leia também: Dallas Mavericks aguarda decisão de DeAndre Jordan para formalizar proposta

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui