Paul George pode testar o mercado da NBA
Paul George não exerceu a renovação, mas pode negociar outro contrato com o OKC. Foto: NBA.com

A novela Paul George ganhou um novo capítulo. Segundo Adrian Wojnarowski, insider da ESPN norte-americana, o jogador recusou sua player option com o Oklahoma City Thunder e será agente livre irrestrito. Apesar da movimentação, a permanência na franquia não é impossível, desde que seja renegociado um novo contrato. O atual é de US$ 20.7 milhões e ele deseja no mínimo US$ 30 mi.

Na última temporada, George registrou médias de 21.9 pontos, 5.7 rebotes e 3.3 assistências. Até teve bons números, mas ao lado dos astros Carmelo Anthony, que optou por renovar, e Russell Westbrook, PG13 não conseguiu conduzir o OKC a um lugar de destaque nos playoffs.

Com a decisão de não usar sua player option (que lhe daria o direito de renovar automaticamente o contrato), o versátil ala abre mão de 20.7 milhões de dólares. É praticamente impossível, mas em um caso extremo, ele poderia não receber nenhuma proposta que chegasse a esse valor. No mercado de free agency, que começa no dia 1º de julho, as franquias podem fazer qualquer proposta. Obviamente, todos sabem do preço para assinar com um All-Star do nível de Paul George, que também sabe ser capaz de conseguir um contrato maior do que o atual.

Leia também: James Harden é eleito MVP da temporada

Franquias interessadas em Paul George

O Los Angeles Lakers aparece como principal candidato, mas Houston Rockets e Philadelphia 76ers também surgem como fortes concorrentes. Todos têm seus atrativos. O Lakers, por exemplo, tenta a todo custo montar um supertime com LeBron James e Kawhi Leonard. No Rockets, haveria a chance de um trio com Chris Paul e James Harden. Já na Filadélfia, PG13 se juntaria a um jovem time com Ben Simmons e Joel Embiid, que mostrou ter força para brigar nas cabeças.

Natural da Califórnia, Paul George teve passagem marcante pelo Indiana Pacers, onde chegou a ser finalista da Conferência Leste. Saiu da equipe nesta temporada, justamente para o Thunder, trocado por Domantas Sabonis e Victor Oladipo. Oladipo, que estava em baixa no OKC, explodiu com a camisa do Pacers e ganhou o prêmio de jogador que mais evoluiu na em 2017-2018.

Aos 28 anos, Paul George é cinco vezes All-Star e conquistou o prêmio de jogador que mais evoluiu em 2012-2013. Em três ocasiões, foi eleito para o time defensivo da NBA. A partir de 2020, pode receber o salário máximo por conta dos serviços prestados à maior liga do mundo. Portanto, ainda existe a possibilidade da assinatura de um acordo curto.

Quem está de olho no desfecho dessa história é LeBron James, que não decidiu seu futuro. Existe o rumor que os dois podem jogar juntos em alguma franquia. Com certeza, interessados não faltam.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui