Yago começou mal a partida, mas fez grande segundo tempo pelo Brasil. Foto: Gaspar Nobrega/Fiba
Yago começou mal a partida, mas fez grande segundo tempo pelo Brasil. Foto: Gaspar Nobrega/Fiba

Com apenas 18 anos, Yago ainda teria mais dois anos para jogar a Liga de Desenvolvimento do NBB, na categoria Sub-20. No entanto, já atua como titular da Seleção Brasileira adulta. Assim como na primeira partida das Eliminatórias para Copa do Mundo de 2019, começou entre os cinco nesta quinta-feira, na vitória por 84 a 49 sobre a Colômbia, em Goiânia.

A pouca idade, naturalmente, ainda pesa. No primeiro quarto, cometeu três turnovers em cinco minutos e estava visivelmente sem controle do próprio ritmo. Na maioria das vezes aparentava estar mais acelerado do que o necessário. O Brasil melhorou com a entrada de Arthur Pecos em seu lugar. E antes do intervalo ainda cometeu outro erro de passe. Mesmo assim, tinha cinco pontos.

Foi a partir do terceiro quarto que seu basquete ressurgiu. Yago demonstrou maturidade para assimilar o momento ruim e mudou após o intervalo. No terceiro quarto, pontuou e deu suas três assistências, além de pegar dois dos seus três rebotes. Apesar de não ter atuado na última parcial, deixou uma boa impressão com os últimos minutos em que esteve na quadra.

Após o jogo, conversou com o Basquete360.com na zona mista. Ele admitiu o nervosismo no início e contou que recebeu força dos companheiros para voltar melhor do intervalo. Assista no vídeo abaixo:

No próximo domingo, a Seleção Brasileira volta à quadra para enfrentar o Chile. Caso vença, conquista vaga na próxima fase de maneira antecipada. Ainda haverá uma janela de jogos, nos dias 29 de junho e 2 de julho, contra Venezuela e Colombia, respectivamente. Os venezuelanos estão na segunda colocação da chave, com cinco pontos contra seis dos brasileiros.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui