A vantagem de 20 pontos, estabelecida no terceiro quarto, escapou por entre as mãos. A Argentina foi superior aos Estados Unidos a maior parte do tempo, mas levou a virada e perdeu a final da Fiba AmeriCup, neste domingo, em Córdoba. A dor pela derrota, porém, é abafada pelo orgulho que o time argentino teve pela campanha na Copa América.

“Temos de olhar de maneira positiva, porque foi montada uma equipe praticamente nova e chegamos à final. Treinando desta maneira e jogando como jogamos a maior parte do torneio, vamos ganhar muito mais do que perder. Uma grande equipe foi montada”, declarou Facundo Campazzo, um dos destaques da Argentina e eleito para o quinteto ideal da Copa América.

LEIA MAIS: Argentina e Estados Unidos dominam quinteto ideal da Copa América

Campazzo tenta digerir a dor pela derrota e já mira o próximo desafio pela Argentina. As Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019, na China, começam em novembro.

“Perder uma final dói. Tem de doer. Mas as Eliminatórias para a Copa do Mundo vêm aí e temos de consolidar esta equipe de 12 a 15 jogadores. Devemos nos conhecer cada vez mais e buscar nosso caminho”, acrescentou o armador.

Técnico da Argentina analisa a final

Apesar da derrota na decisão, o saldo argentino na Copa América é positivo, segundo o técnico Sergio Hernández.

“Estou feliz e orgulhoso da equipe, por cada jogador e corpo técnico. Os Estados Unidos se viram superado no primeiro tempo e em parte do terceiro quarto. Porém, pela primeira vez na Copa América, o cansaço fez mal para a nossa seleção. Não conseguimos manter o ritmo, eles aceleraram e levaram bem o jogo’, analisou o treinador.

A Argentina já entrou classificada para a semifinal da Copa América por ser sede da fase decisiva. Mesmo assim, o time argentino sobrou na primeira fase e venceu os três jogos (Venezuela, Canadá e Ilhas Virgens). Na semifinal, bateu o México, caindo na decisão para os Estados Unidos.

Os hermanos levaram um time nível A, com nomes experientes e consolidados, como Facundo Campazzo, e atletas que vêm ganhando espaço no time, como Patricio Garino, Gabriel Deck, Nicolas Brussino e Javier Saiz.

COMPARTILHAR
O Basquete360.com tem a missão de oferecer aos leitores informações de qualidade sobre tudo o que acontece no mundo da bola laranja. Nossa missão é mostrar "basquete por todos os ângulos" em uma cobertura multimídia e interativa. Participe conosco comentando e seguindo nas redes sociais.